SEMINÁRIO: CONVERSANDO SOBRE ESPIRITISMO

Este seminário como todos neste Instituto sempre acentuamos que são em homenagem ao querido pesquisador Kardecista Puro Carlos Bernardo Loureiro com seus livros e artigos que realizou para vários periódicos espiritas e não espíritas no Brasil e no exterior.
Gosto sempre de relatar como foi iniciado a feitura deste inédito livro. Cheguei um dia no Centro que ele fundou e como cuidava do acervo de seus artigos e livros entre outras tarefas como organização dos textos para serem estudados nas quartas, cursos, seminários e encontros dos médiuns. Organização dos dias de palestras e temas junto aos palestrantes para a cada mês os assistidos saberem do que se trataria a palestra. Nas segundas-feiras era exclusivamente do querido Bruxão. Ou esporadicamente se ele quisesse fazer em outro dia de desobsessão.
Daí, neste dia mostrei a ele um grupo de artigos e perguntei se poderia se tornar livro. Ele, prontamente, disse que sim, e, levou para organizar os temas. E o fez! Depois me entregou com o título e pediu que cuidasse para ser lançado.
Como não foi possível na época que estava encarnado, pois, trabalhos dignos como o que ele fez durante 43 anos, ajudando milhares de pessoas não era tão reconhecido pelas próprias pessoas que eram ajudadas o tempo todo. E o financiamento para lançar o livro não aconteceu pela ingratidão de tantos. Havia momentos dele dizer: “Aqui, há médiuns e assistidos que trocam o carro todo ano e, é incapaz de ajudar a casa!”
Assim, neste seminário faremos o que não se conseguiu a 13 anos atrás, pois, foi em 2005 que a conversa acontecera. De modo artesanal, simples, mas, daremos a oportunidade de todos que queiram estudar as obras deste notável pensador espírita kardecista e “último dos moicanos” na defesa do “Espiritismo segundo o Espiritismo”. Palavras dele.
Aproveitem mais este manancial de defesa da pureza Doutrinária do Espiritismo com o livro: “Conversando sobre Espiritismo”.

Cristiane Amaral
26/02/2018 às 10:20h

Seminário

Segundo ano que realizamos o último seminário do ano com o tema A Revista Espírita, sendo este o ano de 1859.

Todo espírita, que se preza, e, realmente, é kardecista puro deve estudar esta obra de 12 volumes e o 13° volume é o índice remissivo. Obra que esclarece o espírito de sua condição de ser imortal, as relações sociais com o encarnado e este com o desencarnado. Fatos incontestáveis sobre aparições, visões, escrita direta, fenômenos de transporte, transfigurações e outros fenômenos. Alertas sobre as consequências desastrosas quando a relação entre os espíritos encarnados e desencarnados não é de respeito, esclarecimento, e, claro, a naturalidade que deveria ser se se admitisse que somos imortais, reencarnados e nos comunicamos nos dois planos corpóreo e incorpóreo. As defesas do mestre de Lyon Allan Kardec as perseguições e difamações perversas e gratuitas ao Espiritismo e ao trabalho do mestre empreendido por mais de 13 anos, esclarecendo e realizando desobsessões àqueles que completamente desequilibrados bateram na porta da Sociedade de Estudos Espíritas de Paris.

A ignorância, descrença e estupidez advindo das lavagens cerebrais das imundas religiões, culminaram neste estado de ojeriza ao espírito e a tudo que se trate dele, nas manifestações dos mesmos e os princípios existenciais. Não é à toa que como bem esclarece o pesquisador espírita kardecista puro Carlos Bernardo Loureiro: “Quando houve o lançamento d‘O Livro dos Espíritos, não há mais necessidade da religião! (…) os religiosos ficaram enlouquecidos com as idéias ali divulgadas. Destrói todas as suas farsas e ilusões. Não foi sem demora que iniciaram o ataque a Kardec e ao Espiritismo! ”

Assim, o Espiritismo passou a ser rechaçado como ruim, indigno e demoníaco. Enquanto a violência, as perversões sexuais, corrupções, desespero, suicídios e vícios assolam a humanidade por conta desta negação ao Espírito e as responsabilidades éticas de nossas atitudes impensadas até brutais a lei natural, gerando consequências terríveis. E as religiões? Mergulhadas em escândalos de pedofilia, perversões outras, corrupções, assassinatos, sequestros, tráfico humano, prostituições e milhões ainda acreditando nestes monstros.

O esclarecimento é a única alternativa para o Espírito se se quiser sair do estado miserável que se encontra. Haja vista que é a falta de raciocínio lógico e de pesquisa as manifestações dos Espíritos que fizeram milhões acreditarem na estúpida invenção chamada Morte e na inexistência do Espírito, e, ainda, se verem espantados quando informamos que a religião católica matou 25 milhões na inquisição, sem contar as outras religiões que da mesma forma para se impor foram responsáveis por outros genocídios.

Estudem as obras do Mestre de Lyon Allan Kardec! Como bem esclarecia o querido pesquisador Carlos Bernardo Loureiro: ‘Estude Kardec, depois questione”.

E, mais, continuando com o querido pesquisador: “Precisamos resgatar o conceito de Espiritismo. Ninguém conhece o Espiritismo aí fora (…) confundem o Espiritismo com fetichismo. ” 

Cristiane Amaral de Jesus

9:50 – 06/09/2017

Seminário

Este como todos os Seminários deste instituto serão com livros e outros escritos do querido pesquisador Kardecista puro Carlos Bernardo Loureiro. O tema é a realização do que o mestre de Lyon Allan Kardec tanto quis fazer e não deu tempo. Contudo o escritor, polemista, pesquisador Carlos Bernardo Loureiro, que por mais de 40 anos trabalhou com as dores alheias, conseguiu este feito.

Neste livro verão os primórdios antes do mestre de Lyon admitir, estudar, pesquisar e divulgar o Espiritismo; as idéias que nortearam sua vida; os ideólogos estudados por ele; suas obras antes e depois que assumiu codificar e raciocinar a filosofia, ciência e a ética da Doutrina dos Espíritos.
Com o lançamento desta obra no centro que fundou, em 1999, antes curso nas terças-feiras desde janeiro de 1995, conclui mais uma obra fundamental para o estudo e consulta bibliográfica sobre o Espiritismo, sua origem, importância e referência para futuras pesquisas desta racional, metódica e dialética Doutrina.

Entre tantos textos dirigidos oralmente pelo ilustre e admirado autor Espírita Kardecista puro baiano sobre esta obra, escolhi esta: “Estou realizando um desejo de Allan Kardec!”

Cristiane Amaral
03/06/2017 às 7h00

Seminário

Este ano de 2017 inicia com a constatação clara de nossa luta para manutenção de um trabalho único em defesa da pureza doutrinária do Espiritismo e a pesquisa dos fenômenos espiríticos sejam eles mediúnicos e, ou anímicos.

Completados 10 anos de muita luta e resistência em uma terra que nega o Espírito e não há mais centros espíritas Kardecistas, e sim, palhaços que querem encher seus redutos com a divulgação de alternativas estúpidas vindo do oriente, psicoterapias fajutas, psicologias estas que negam o Espírito, e, como bem acrescentava o querido pesquisador Espírita Kardecista puro, Carlos Bernardo Loureiro, “no currículum do curso de psicologia não há estudo sobre o Espírito! ”

O seminário, primeiro, deste ano terá como sempre colocamos, temas estudados, discutidos, ministrados cursos nos 43 anos e escritos em livros, e, agora, os seus artigos em jornais da capital de Salvador, do sempre admirável polemista Carlos Bernardo Loureiro que muito colaborou e continua trabalhando com o semelhante nos dois mundos corpóreo e incorpóreo.

Aproveitemos sempre estes momentos para estudar e buscar respostas que são tão fortes no Espírito que nos anima, e, em muitos séculos não encontrávamos respostas. Fora os períodos terríveis em que as lavagens cerebrais das religiões e seitazinhas com suas variações em diversas instituições sociais, políticas, econômicas e filosóficas que nos fanatizaram, impedindo de ter até questões a fazer sobre o porquê estamos vivos; o porquê dos sofrimentos; o porquê da luta que pode nos parecer inútil diante de tanto niilismo; o porquê da tal morte. E tantas outras como ainda não controlarmos o ódio ou as atitudes que nos acometem sem estarmos pensando sobre. Mais e mais veremos nestes artigos tão lidos no ano de 1999 e que muitos, como os pseudo-espíritas, religiosos, protestantes e outros lacaios, tentaram proibir sua circulação.

Cristiane Amaral de Jesus

(Fundadora e presidente do ICECBL)

06/02/2017, 15h05min

Mensagens 10 anos

BOM DIA,
VIVAS AO INSTITUTO!!!
Parabéns Cris, Carlos Bernardo Loureiro e os Espíritos Controles pelos 10 anos de fundação do ICECBL – INSTITUTO DE CULTURA ESPIRITA CARLOS BERNARDO LOUREIRO.
Parabéns também para os médiuns e assistidos que continuam frequentando esta casa.
A casa de Espíritos esclarecidos. Quem frequenta sabe, que é a única no mundo que realiza o trabalho de esclarecimento do Espírito. “Onde muitos são chamados e poucos são escolhidos”.
Eu já fiquei por um fio de sair dessa casa, mas os Espíritos e Cristiane me deram mais chances. E eu só tenho a agradecer.
Então é isso.
Parabéns pelos DEZ ANOS, e que possamos comemorar muitos anos ainda dessa casa.
Matheus Ornellas

VIVA OS DEZ ANOS DO ICECBL!!!!!
Viva o Instituto e seus 10 anos!!
Eu agradeço muito a Cris e a Bernardo pela ajuda, pela disciplina, pela coragem dos dois.
Agradeço a Bernardo por começar este trabalho e a Cris por continuar, pois se não fossem eles nós seríamos como qualquer um neste planeta, viciados, “perdidos”, subjugados.
Aquela casa é a única que acredita, ajuda, fala, esclarece e estuda sobre os Espíritos e ensina que nós somos Espíritos encarnados, que estamos lutando para deixar de ser ruim. As pessoas desprezam os Espíritos, dizendo que são fantasmas, mas na realidade somos nós, espíritos desencarnados sem essa capa.
Eu agradeço muito os ensinamentos, a disciplina a oportunidade de ser médium, de participar deste trabalho, de participar das pesquisas nas terças dos cheiros e não ser mais uma pessoa sem estudo e esclarecimento no mundo; e quero continuar nesta luta até o início.
Um abraço para todos,
Sophia

Hoje comemoramos os 10 anos do Instituto de Cultura Espírita Carlos Bernardo Loureiro. Foram 10 anos de muito estudo, muita disciplina e muito esclarecimento para Espíritos recalcitrantes e devedores da Lei Natural como nós, pois não é à toa que reencarnamos neste planeta de expiação como nos lembram os Espíritos-controles da casa e a nossa dirigente Cristiane Amaral. E temos muito que agradecer à estes Espíritos, à Carlos Bernardo Loureiro e à ela que, como sua discípula mais dileta e dedicada, continua o trabalho do mestre com muita coragem, determinação e disciplina.
Durante esses 10 anos o trabalho do Instituto de Cultura Espírita Carlos Bernardo Loureiro e Cristiane Amaral foram alvos de muitas críticas, onde tentaram denegrir sua imagem e reputação, mas ela com uma vontade inquebrantável leva dignamente adiante o trabalho de esclarecimento buscando fortalecer o nosso psiquismo para que possamos um dia, através do uso da razão, nos tornar livres pensadores. Ela lembra que todos aqueles que se dedicaram ao Espírito, a esclarecer o homem sobre a imortalidade e os princípios existenciais foram estupidamente perseguidos e, como Bernardo diz, citando Jesus: que ninguém joga pedras em árvore que não dá frutos…
Lembra também a história, contado por Bernardo, de um duro sargento odiado pelo pelotão que treinava. Pelotão este que o assassinou antes de partir para a guerra, mas que ao retornar do combate, sem baixas, entrega-se confessando o seu crime e pedindo apenas para render-lhe homenagens antes de serem presos.
Agradeço aos Espíritos-controles, à Carlos Bernardo Loureiro e a Cristiane Amaral por todo o trabalho do Instituto de Cultura Espírita Carlos Bernardo Loureiro e por toda a dedicação que têm para conosco. Em especial à Cristiane Amaral por ser essa “sargentona”, como ela diz, que junto com aqueles, nos prepara para viver em sociedade respeitando a Lei Natural e, como salienta Bernardo, para a nossa desencarnação, sem fantasias.
Que aproveitemos os 10 anos do Instituto de Cultura Espírita Carlos Bernardo Loureiro e os que mais vierem, enquanto formos dignos de lá estarmos “fazendo parte do clã”, para estudar, trabalhar para quebrar velhos condicionamentos e mudar nossas posturas em sociedade, respeitando a Lei Natural e os princípios existenciais. Sempre com muita disciplina,disciplina e disciplina como ensina o nosso querido professor Carlos Bernardo Loureiro.
Meu muito obrigado aos Espíritos-controles, aos ex-obsessores, à Carlos Bernardo Loureiro e à Cristiane Amaral!!!
Viva ao Instituto de Cultura Espírita Carlos Bernardo Loureiro!!!
Excelentes vibrações para todos!!!
Ernesto

Homenagem aos 10 anos do Instituto de Cultura Espírita Carlos Bernardo Loureiro
Gostaria antes de prestar uma justa homenagem aos 10 anos do ICECBL pronunciar um breve histórico, iniciando com o relato do primeiro contato com o que deveria se chamar Espiritismo. Infelizmente fui convidado por uma ex-companheira para assistir uma palestra do “famoso dirigente”, que hoje é sabido por todos como pseudo-espírita , o José Medrado, que na minha opinião não é nada.
Assisti e fiquei indignado com a chacota que fazia em cima de um palco circense, por referir-se ao sofrimento de uma mãe presente ao local, cuja filha passava por sérios problemas. As pessoas na platéia riam e divertiam-se com sua piadas de mal gosto, como se estivessem num Coliseu romano. A exposição das dores alheias e dos sentimentos íntimos eram relatados pelo canalha, a fim de chamar a atenção do público para o espetáculo de sarcasmo, por ele apresentado, era o centro das atenções. Fiquei indignado e comentei de forma revoltada com a sra. Simone Sussa , conhecida árabe, que em concordância falou-me de um centro Espírita localizado na Boa Viagem e dirigido por Bernardo, um dirigente muito inteligente, experiente, com palestras “ótimas” e que trabalhava com desobsessão pesada.
De pronto aceitei o convite e fiquei admirado com o valor de sua palestra, as idéias Espíritas eram esclarecidas de uma forma simples para que todos pudessem as compreender, pois o auditório sempre atento compreendiam em torno de quatrocentas pessoas do mais simples ao mais intelectualizado. A dialética e o jogo natural com as palavras espelhava o domínio do assunto, que muito me chamaram a atenção, pois trazia argumentos a respeito da Doutrina dos Espíritos com bastante convicção e coerência, exemplificando com casos de desobsessão já experimentados.
No momento do passe, em cima de um palco coberto por um tapete vermelho carmin, totalmente diferente do aplicado no “centro comercial José medrado”, o assistido deitava para que os chakras estivessem todos expostos a fim de que os Espíritos através dos médiuns pudessem trabalhar livremente. Ao deitar-me e fechar os olhos, os mesmo começaram a revirar-se de um lado para o outro como eu estivesse “incorporando”. Desde então, eu passei a frequentar todas as segundas e domingos.
Lá tive a agradável oportunidade em conhecer a minha querida amiga Cristiane Amaral. Sempre a observava tomando a frente de tarefas importantes que vivia em dificuldades. Abrindo um parêntese ;Bernardo em palestra afirmara que para você praticar o bem ao semelhante aparecem inúmeras pessoas para dificultar os trabalhos, mas para enganar e praticar o mal as facilidades são inúmeras ,pois aparece ajuda de todos os lados, essa é a lei das conveniências.
Recordo-me que tinha uma fábrica de camisetas e ofereci para Cristiane Amaral algumas para os Seminários, que a mesma organizava. Ela era polivalente arrecadava fundos para quitar as contas de água e energia; organizava seminários, dava palestras e eu vibrava quando assumia a tribuna, principalmente ao lado de Bernardo; vendia as fitas das palestras, apostilas , livros e ainda buscava apoio para o programa de televisão “Encontro com a Cultura Espírita”, cuja logomarca me prontifiquei a criar, e apoiar.
Recordo-me que Bernardo falava em palestra que ninguém convidava ele para 0800, somente lembravam dele para realizar trabalhos de desobsessão que se prontificava a ajudar sempre. Tive a oportunidade de oferecer alguns almoços no meu Restaurante para o amigo Bernardo, graças a Cristiane Amaral que intermediava o convite e eu aceitava de muito bom grado. Lá ele pedia para ligar a televisão pois naquele momento estaria passando o seu programa e ele adorava. Costumava levar a neta e um colega dela, ao ler o cardápio desejava comer os pratos mais picantes, mas no final ficava com o filé de peixe grelhado.
Próximo à desencarnação do amigo, Cristiane relatou-me que estava dando passes nele, como a médium de sua confiança e que ele não estava bem. Dias depois recebi uma ligação informando de que Bernardo havia desencarnado e que estava no Hospital espanhol. Fui ao seu encontro dar-lhe o abraço e quando a encontrei estava muito irritada com a falta de respeito e gratidão por parte da maioria dos presentes. Numa segunda a noite quando dirigir-me ao Telma, Cristiane chamou-me de modo reservado e contou-me de que os canalhas , os quais iriam ficar a frente daquela instituição haviam abolido as pesquisas das terças em pleno hospital, e tinham instituído o passe light, que parava no umbilical, desrespeitando as técnicas desenvolvidas por Bernardo e os Espíritos-controles da Casa.
Ela me relatou que não ficaria nem mais um dia naquela casa, que não admitia o que estavam fazendo e convidou-me para apoiar e fazer parte de um novo centro Espírita fora dali, pois tinha pressa para não afastar-se do trabalho dos espíritos que trabalhavam com Bernardo. Eu ofereci uma sala que estava desocupada dentro da malharia localizada na Amaralina. Em pleno sábado foi realizada a primeira sessão Espírita de desobsessão, na qual até o segurança fez questão de tomar passe, porém deitado ao lado de sua arma.
Na semana seguinte Cristiane e Cláudia Schultz encontraram a primeira sede localizada na Cardeal da Silva, centro onde iniciei os primeiros passos como médium. Depois desse local passamos para uma casa no Barbalho e posteriormente estamos na atual sede em Brotas.
Gostaria muito de agradecer essa oportunidade “única”, que me foi concedida para adentrar ao corpo de médiuns do Instituto de Cultura espírita Carlos Bernardo Loureiro. Aprendi de pronto a melhor respeitar o meu semelhante e logo percebi a similitude com a Doutrina Moralizadora do Mestre Jesus. Também compreendi o verdadeiro sentido da máxima –“ A cada um segundo suas obras” e “ …ninguém sairá daqui até que prove o último ceitil”. Verdadeiramente percebi que essa Casa respeita as orientações e ensinamentos de Espíritos muito experientes , “que sabe aonde as cobras dormem”, Esclarecidos que seguem Jesus e Allan Kardec.
Essa Casa respira e vive as obras, as idéias do Melhor Intérprete da Doutrina dos Espíritos, Carlos Bernardo Loureiro. O dirigente que dedicou mais de 40 anos às dores alheias, realizando um belíssimo trabalho de pesquisas de fenômenos espiritistas, esbanjou esclarecimentos kardecistas, sobretudo em suas obras, palestras e cursos gravados, além de inúmeros livros, milhares de artigos e monografias , estudados e graças à Cristiane Amaral, que por muitas vezes por sua sede pelo saber, privou-se de algumas necessidades para poder adquirir livros e poder devorá-los, além de disponibilizá-los no Clube do Livro, em benefício dos médiuns e assistidos, que são bem tratados ajudados esclarecidos mostram-se em princípio simpáticos e saem com razão, como diria Allan Kardec, por conveniência.
Essa Casa já nasce como um vulcão em chamas e constante erupção, derramando conhecimentos espíritas kardecistas por toda a parte, divulgando a Doutrina dos espíritos e realizando um trabalho notável nos mesmos moldes kardecistas de quando era dirigido por Bernardo no centro o qual fundara. As pesquisas estão presentes às terças, nos seminários, cursos e no próprio trabalho de desobsessão que no qual desfrutamos de muitos ensinamentos. Infelizmente muitos vibram contra essa Casa, ora por inveja, ora por incompetência ou por ignorância, chegando a dizer que sua trajetória seria como fogo de palha. Coitados!, a premonição de Bernardo se realizou e o Telma após a sua desencarnação tornou-se pasto de obsessores da pior espécie, entidades especialistas em destruir centros espíritas que não estudam as obras da Codificação. Olvidaram os estudos, as pesquisas, as obras e o trabalho de desobsessão, preocupando-se tanto com a vida alheia que esqueceram de fazer o dever de casa.
Assim como ocorrera com Jesus, pois afirmara :”qualquer um de vocês pode me trair”, posteriormente com Allan Kardec , que por conta dos ataques dos próprios membros da SPEE, pensou em deixar a presidência, por algumas vezes, graças a canalhas que invejavam a sua condição e posição intelectual , moral , liderança e de afinidade com Espíritos Esclarecidos, por seu esforço, luta e dedicação à divulgação da Doutrina e principalmente em estar sempre à postos para defender a pureza doutrinária do Espiritismo. Não seria diferente com Bernardo, pois rememorando um episódio recheado de dissabores , dentre tantas outras diatribes dentro do próprio centro, que fundara, em viagem para divulgação da Doutrina dos Espíritos em Estocolmo , pois para divulgar e defender essa belíssima Bernardo aceitava convite pra falar até em rádio patrulha. Fora alertado pelos Espíritos-Controles que o acompanhava no seu honrado labor, que uma camarilha de médiuns tinha a perversa intenção de tomar o centro Espírita o qual presidia. Antecipou o seu retorno, sempre respeitando as intuições dos Espíritos, passando sempre pelo crivo da razão, pois foi é e sempre será kardecista puro; e ao retornar baniu os atravessadores para bem longe de sua Casa.
Cristiane Amaral, seguindo a história dos grandes dirigentes defensores da Pureza Doutrinária do espiritismo também soube sabiamente transmutar esse dissabor em experiência como presidente do ICECBL, pois já havia aprendido observando o que ocorrera com seu Mestre Bernardo. Com a ajuda e concordância dos Espíritos-controles expulsou para bem longe o líder e sua corja de covardes invejosos que movidos pelo egoísmo desejaram a desencarnação da dirigente para que pudessem ficar à frente do trabalho. Sem pestanejar Cristiane Amaral no momento certo, prudente como as serpentes, cortou o mal pela raiz, e o joio foi naturalmente separado do trigo.
São dez anos de um honrado labor que como o carvão bruto, transforma-se paulatinamente em diamante bruto, que estará sempre sendo lapidado, pois o trabalho dos Espíritos é silencioso e a própria Doutrina é dialética, pois rememorando Jesus – “A quem mais é dado mais será cobrado”. Estamos em trabalho incessante, “A Velha Guarda morre mas não se rende”, devemos estar sempre em guarda contra os inimigos do espiritismo, aqui não existe comodismo, como alerta Cristiane Amaral, quem olhar pra trás ficará na trincheira e os demais seguem. Ainda rememorando nossa corajosa dirigente: “ Vocês podem sair da Casa, mas eu fico, daqui ninguém me tira. A Doutrina dos Espíritos é o leitmotiv da minha vida, como fora de Bernardo, dos grandes corifeus do espiritismo e do próprio Kardec.
Muitas vibrações para o ICECBL, para o Espírito que animou o ilustre e sempre amigo Carlos Bernardo Loureiro, para Cristiane Amaral que desenvolve um honrado labor em prol da Pureza Doutrinária do Espiritismo, para os espíritos-controles, ex-obsessores, aqueles que pegam nas alças do caixão e que esses 10 anos sejam e serão multiplicados até o início, pois segundo a nossa dirigente Cristiane Amaral: “Quando eu desencarnar isso aqui fecha, pois não vejo ninguém capaz, até então, de dar continuidade a esse trabalho, como eu e Carlos Bernardo Loureiro sempre realizamos, pondo um ponto final no Espiritismo em terras brasileiras, somos a Resistência.”
Salvador, 22 de agosto de 2016.
Marcos Lerner Couto

ICECBL,
Até aqui “viajamos” juntos.
Passamos por vilas e cidades, cachoeiras e rios, bosques e florestas, (rsrsrsr)…, Aprendizados e estudos, conhecimentos e comunicações…
Não faltaram os grandes obstáculos, e estamos transpondo-os.
Frequentes foram as cercas, ajudando a transpor barreiras, dificuldades, sofrimentos, erros…
As subidas e descidas foram e é realidade muito presente.
Juntos, percorremos retas, nos apoiamos nas curvas, descobrimos caminhos e soluções…
As experiências compartilhadas no percurso até aqui sendo a alavanca para alcançarmos a alegria de chegar ao destino projetado. Evoluir sempre, respeitando a Lei de Causa e Efeito…
O nosso agradecimento aos Espíritos do ICECBL e a Cristiane Amaral que, sempre presentes, nos querendo bem e nos apoiando e orientando nos bons e nos maus momentos. Estudo, disciplina, ética, responsabilidade, atitude, disciplina….
Dividam conosco os méritos das diversas conquistas, porque elas também pertencem a vocês.
Você ICECBL…
Lembre-se que é o melhor, o mais eficiente, atual e único protagonista de nossos ideais, a mais clara demonstração de princípios, o mais alto padrão do “ensino superior” que nosso Espírito abraça…
Amigo e comunicador das nossas realizações mais nobres…
A nota mais afinada da sinfonia do bem que pretende executar, o engenheiro e o construtor de oportunidades que nos leva á evoluir – é você mesmo ICECBL…
Que neste Grandioso dia 22.08.2016
Que comemoramos dez anos da sua sábia, elegante e edificante existência no planeta Terra, necessária realizar uma reflexão…
Eu não podia imaginar as coisas que me aconteceriam, o inicio foi incerto, confuso e incomum;
Eu mulher de algumas historias, de profissão onde prioriza resultados práticos e imediatos;
Encontro aqui neste canto – ICECBL os melhores e novos anos de minha nova vida, conheci amigos, muitos dos quais, me acompanharão para sempre, até o inicio. Por isso temos que comemorar!
Esse é um momento especial! Dez anos do ICECBL…
É hora de olhar para trás e ver por tudo o que já passei. Sem dúvida, muitas tristezas e conflitos, mas, felizmente, por inúmeros bons momentos, de alegria, de vitórias e de cumplicidade, de saúde de muita saúde…
Aprendemos com você que devemos vibrar por aqueles que me impuseram obstáculos infundados e também vibrar por àqueles que me impulsionaram adiante, vocês Cristiane Amaral e Espíritos do ICECBL…
Nada como chegar nesta data e ver tudo que passamos, o quanto somos queridos e respeitados, pela nossa luta para “deixar de ser ruim”, que nos impusemos…
É muito bom saber que os anos vão, a idade chega, e o ICECBL sempre continua o mesmo, sempre com a mesma determinação em divulgar a pureza doutrinaria do Espiritismo, o pensamento dos grandes Mestres do Espirito em particular o grande Allan Kardec e o “Tupiniquim” Carlos Bernardo Loureiro…
Desejo a você vida longaaaa, porque você merece! UM SUPER FELIZ ANIVERSÁRIO! De uma pessoa que gosta muito de você! Eu….Nobreza.
Você que um dia do ano de 2008 conheci através de um terceiro… Acolheu-me.
Você me fez aprender e a ter vontade de querer escrever, e o desejo de está sempre presente e participando… Porque você ICECBL, já faz parte do meu mundo real, e quero que continue nele…
Obrigado por contribuir com a minha saúde física e principalmente saúde psíquica.
E para você nosso “criador criatura” CRISTIANE AMARAL que deu pulso, sangue, coração, que dá Vida a você ICECBL… Difícil separá-los, vocês é um só …..
Cristiane Icecbl…
PARABÉNS! Pela determinação coragem e luta diária para mantê-lo em PÉ…
Obrigado por vocês ensinar e divulgar a Doutrina dos Espíritos…
Obrigado por vocês disseminar o verdadeiro pensamento Kardecista…
Obrigado por você nos dias de hoje ensinar que Espiritismo não é religião, não é caridade. É muita llluuuuttttaaaa! É imortalidade, é ético, que respondemos por nossos erros e acertos, que desencarnamos, encarnamos e reencarnamos, somos Imortais e que Espírito é gente.
Obrigado Cristiane Icecbl
Você faz parte do meu mundo real
Ara é você que é muito especial!!…
E você ICECBL não seria você se não fosse você grande mestra Cristiane Amaral.
Portanto, vamos gritar bem alto.
VIVA! VIVA! O Instituto de Cultura Espírita Carlos Bernardo Loureiro
Você é ouro e brilha muito.
Valeu!
E que venha mais dez mil anos para vocês.
Até o Inicio.
Nobreza Negra, Floripa, Negona….

Querida Cris bom dia,
Durante toda a semana passada,e até ontem, eu estava ouvindo quase que diariamente uma musica cuja parte está abaixo, parte esta que me fez ouvir por inúmeras vezes.
Hoje eu sei o porque da insistência, pois reflete o momento dos 10 anos de existência do Instituto de Cultura Espírita Carlos Bernardo Loureiro.
Veja que o final da frase na musica, diz: “Apesar dos pesares brotou, Sementes que você plantou”.
Sim Cristiane, são 10 anos de luta e coloca luta nisso! estivemos em três locais diferentes, ontem por sinal passei pela primeira casa no Rio Vermelho, olhei para ela e pensei “ foi ali onde tudo começou”.
Parabéns Cristiane pela sua dedicação, a qual sou testemunha que em nenhum momento, mudou sequer um milímetro dos ideais espírita.
Obrigado por tudo, parabéns a nós todos que nos dedicamos em preservar o espiritismo por estas terras.
Grande abraço
John

Nome da musica:Realidade
Quando a idade chegar
Não deixe transparecer rancor
Se a pele enrugar
Sorria são rugas de amor
E a natureza há de dar certeza que o tempo passou
Apesar dos pesares brotou
Sementes que você plantou.

É HOJE!!!!!!!
VIVA O INSTITUTO DE CULTURA ESPÍRITA CARLOS BERNARDO LOUREIRO! VIVA! VIVA! VIVA!
Enfim chegou o dia 22 de agosto!!! Dia em que comemoramos, 10 anos do Instituto de Cultura Espírita Carlos Bernardo Loureiro!!!
Minha amiga, durante esses últimos meses, eu já estava em festa! Não parava um minuto de pensar na importância dessa data, 22 de agosto de 2016. Um dia especial para o nosso ICBL e um dos dias mais importantes para a Doutrina dos Espíritos!!!
A minha sensação é que esses dias foram mais longos. Eu já queria gritar muitos vivas e vibrar ainda mais pelo Instituto, há meses atrás. Posso dizer que eu estava mesmo, me controlando para não gritar, VIVA O INSTITUTO!!!
Sei que os Espíritos que me acompanham, independente das causas que os motivam a isso, também se agitavam. Uns querendo interromper essa alegria, outros vibrando junto comigo. Estes, posso dizer, até mesmo, eufóricos!!! Assim como eu…
A importância do Instituto, infelizmente, ainda não é percebida pela maioria. Mas, em que isso importa? Independentemente de palmas ou de reconhecimento, ele continua vibrante, vivo, forte e levando a milhares de Espíritos, encarnados ou não, o esclarecimento a respeito do que realmente somos e do que está porvir… Isso tudo, graças a seu pulso firme!
O Instituto é o lugar apropriado para quem quer “baixar a crista”, admitir seus erros e entrar na luta para errar menos… É o porto seguro para muitos, inclusive para mim.
Eu sei que muitos mais Espíritos estão vibrando hoje. Espíritos sem nome, intelectuais ou não, estamos todos ainda mais unidos. Hoje, todo o nosso clã está em festa!!!
Hoje, o fogo da palha fica mais vibrante e podemos ver as suas enormes labaredas gritarem: Viva os 10 anos do Instituto de Cultura Espírita Carlos Bernardo Loureiro!
Hoje, o bastião em defesa da Doutrina dos Espíritos se torna ainda mais forte e mostra que é inabalável.
Hoje, como referência que é, o Instituto consolida seu movimento de resistência em defesa da pureza do Espiritismo, com mais 10 anos de atuação. Agora, tendo você como dirigente.
Hoje, muitos homens e mulheres que fizeram da Doutrina dos Espíritos, o “leitmotiv” de suas vidas, constatam, mais uma vez, que valeu a pena!
Hoje, nosso amado amigo Bernardo, se orgulha ainda mais de sua discípula, você!
Hoje, nosso amado amigo Bernardo, também se envaidece, pois constata que não errou em lhe escolher para dar continuidade a seu trabalho – o seu “patinho feio”, o seu “cão negro”.
Você é o retrato mais fiel do que podemos chamar de lealdade e gratidão!
Pois é minha amiga. Se não fosse sua garra, sua coragem, sua fé inabalável, porque racional, o dia 22 de agosto de 2016, não representaria nada.
Sei que essa data é histórica para o Espiritismo e entrará para os anais da nossa Doutrina com a sua marca – ética, disciplina, estudo, pesquisa e lealdade aos princípios existenciais, lealdade as idéias defendidas por Allan Kardec, por Bernardo e tantos outros gênios…
Sei que daqui há muitos anos, aqueles que ouvirem as suas palestras ou lerem seus livros, terão a certeza que, se você não tivesse sido forte o suficiente, inteligente o suficiente, generosa o suficiente, estudiosa o suficiente, corajosa o suficiente, disciplinada o suficiente, o Espiritismo teria sido banido dessas terras.
Sei também que, alguns daqueles que farão parte das novas gerações, tenho certeza, sentirão o mesmo orgulho que tenho de você! Sentirão a mesma emoção, em lhe observar defendendo a pureza doutrinária do Espiritismo.
Você é muito querida e admirada! Querida e admirada por homens sérios como Ernesto Bozzano, Carlos Imbassahy, Odilon Negrão, Gabriel Delanne, Gustavo Geley, Abel Mendonça, Arapiraca, Deolindo Amorim, Alfredo Miguel, Leopoldo Machado, Giordano Bruno, Camille Flammarion, Cesar Bogo, Humberto Mariotti, Manuel Porteiro, Luiz Olympio Telles de Menezes, Pedro Granja e por que não dizer, Allan Kardec, sem falar claro, de Carlos Bernardo Loureiro e de centenas de outros homens e mulheres igualmente inteligentes!
Isso para falar apenas daqueles que conhecemos por seus nomes. É, mas minha amiga, a lista é gigantesca. São milhares de Espíritos já desencarnados que se tornaram ex-obsessores e, tenho certeza, passaram a ser menos ruins e, até mesmo a amar, após observar você, sua luta, sua genialidade!
Muitos encarnados engrossam essa lista, conheço alguns bem de perto, porque são muito próximos, meus irmãos Cid e Christina e meus pais “Sr. Asdrubal e D. Dulce”. O trabalho que você, Bernardo e os Espíritos Controles do Instituto fizeram e continuam fazendo por eles, é extraordinário!
Relembro Christina há 8 meses atrás, quando comentou comigo, que só o Instituto poderia ajudar painho. Àquela época, completamente atormentado e atormentador, sem dormir, sem comer, a definhar…. Hoje, está forte, lúcido, dorme, se alimenta e a cada dia está mais convicto da importância do estudo e da disciplina. Esta, uma de suas principais características. É um lutador, e eu sei que não entrou nessa batalha para perder… Ele já sabe, que quando fazemos boas escolhas, saímos dos buracos que criamos e nos enfiamos. E com a sua ajuda e dos Espíritos do Instituto, só não consegue, quem não quer!
E o que eu diria em relação a mim? Se Bernardo interfere em minha vida, o que eu diria de você? Eu não saí do buraco sozinha, mas não saí mesmo! Foi você que estava lá me puxando! Foi você que estava lá me alertando! Foi você que estava lá me provocando! Foi você sim, que me orientou e interferiu de forma decisiva para que eu fizesse melhores escolhas, mesmo sabendo que poderia, enquanto ser imortal, se prejudicar por isso. Tem algo mais extraordinário que isso? Eu não conheço…
Foram 10 anos de muita observação, muito aprendizado e muito estudo. 10 anos em que experimentei as mais variadas situações e algumas delas jamais esquecerei: quando me alertou do buraco que eu me enterraria com escolhas erradas, caso as fizesse; do dia que eu estava, como dizem “triste por demais” e ouvi Bernardo (já desencarnado) falar: “tem gente aí”? Era a voz dele sim! Aliás, uma voz inconfundível (kkkkkk). E saí daquele torpor que me encontrava; Lembro também do dia que desmaiei sozinha, de madrugada, no sanitário da casa de meus pais, poucos dias antes de me mudar para a minha casa e um Espírito me pegou pelos braços – o que me fez “acordar”- me levantou do chão e me colocou na cama. Pra completar, você ainda me diz que foi Bernardo! Como agradecer tudo isso? E ainda mais, há pouquíssimos dias, vi minha mãe, com 84 anos, desfalecer e ir caindo no chão, sem que eu pudesse fazer nada… E, após algumas horas de aflição, sem saber das consequências de sua queda, ficou comprovado, por vários exames, que ela nada teve, nada quebrou, nenhum trauma, nenhuma dor sequer, pois os Espíritos a ampararam, a seguraram enquanto caía. Existe trabalho mais belo que esse? Jamais esquecerei dessas e de tantas outras oportunidades que tive de aprender com você e com os Espíritos.
É minha amiga, o dia de hoje não é só do Instituto. O dia de hoje é seu!!! Pois é você que está à frente desse trabalho. É você que enfrenta espíritos terríveis, é você que interfere na vida de encarnados e, principalmente, de desencarnados! É você que orienta, alerta, ainda que como preposto, como você costuma dizer… Não importa, você é o pilar dessa base!!!
E, como disse painho outro dia, a Alma do Instituto, é a Alma de Cristiane. A Alma do Instituto, é você!!!
A minha eterna gratidão a Bernardo por tanto esclarecimento!
A minha eterna gratidão a você por tanto aprendizado!
A minha eterna gratidão a TODOS os Espíritos Controles e ex-obsessores que trabalham no Instituto!
MUITO OBRIGADA SEMPRE E MUITOS E MUITOS VIVAS A VOCÊ, A DIRIGENTE DO INSTITUTO DE CULTURA ESPÍRITA CARLOS BERNARDO LOUREIRO, pelos 10 anos em defesa da pureza da Doutrina dos Espíritos! Ou seria meio século? kkkkkkkkkkkkk
Sua amiga de sempre e sempre amiga,
Cláudia Vianna

Chegou!!!! Finalmente!!!!
É com muita alegria que na data de hoje, 22 de agosto de 2016, todos, em um só coro, damos VIVAS AO INSTITUTO DE CULTURA ESPÍRITA CARLOS BERNARDO LOUREIRO!
Sempre agradecendo por tantas oportunidades de aprendizado, por tantos momentos agradáveis entre amigos (verdadeiros), o “último bastião de defesa da pureza doutrinária do Espiritismo”. Temos que ser sempre muito gratos aos Espíritos Controle do Instituto pela defesa à Casa e à Doutrina dos Espíritos, em especial ao querido Carlos Bernardo Loureiro por tantos anos de dedicação à Doutrina e por ter iniciado esse trabalho, à nossa querida professora, Cristiane Amaral, por ter aceitado o desafio em forma de presente por Bernardo, que enxergou nela a única capaz de conduzir trabalho tão importante.

Cris, essa homenagem é pra você! Não estaríamos comemorando a data de hoje se não fosse por sua coragem e gratidão à Doutrina, se não enfrentasse tantos desafios, sempre com muita alegria, para não deixar cair no esquecimento o que Bernardo levou tantos anos estudando e pesquisando. Só você para dar continuidade a tão honroso trabalho, de forma digna, firme, uma verdadeira espírita kardecista puríssima. Se hoje estamos tendo a oportunidade de esclarecimento, a oportunidade de fazer algo digno, devemos a você!
Que aproveitemos esse dia, cada minuto dele, agradecendo à Casa, a Cris, aos Espíritos por nos permitirem, enquanto aprendizes, participarmos um pouco dessa história tão bonita (enquanto fizermos por merecer)! E vamos à luta!
Um bom dia a todos!
Cleo

Bom dia Cris!!!
Hoje o dia está mais lindo!!!!
Com muita alegria por estar comemorando os 10 anos do Instituto de Cultura Espírita Carlos Bernardo Loureiro.
Hoje é especialmente pra você Cris!
Por sua coragem, força e determinação. Que teve a sabedoria, o discernimento, e a sensatez, de no momento da desencarnação de Bernardo, não titubear, ouvir os Espíritos, e assim tomar as rédeas da situação, para seguir em frente e não permitir que este belo trabalho se acabasse!
Tenho muito orgulho de ter acompanhado esta trajetória de muita luta, muitos desafios e muitas alegrias!
Me sinto cada dia mais fortalecida, pois encontro neste belíssimo trabalho o esclarecimento necessário para enfrentar as dificuldades inerentes ao desenvolvimento de nossas capacidades, certamente prejudicadas devido aos nossos desmandos no nosso contínuo quanto Espírito.
Fazer parte deste trabalho é algo singular! É ter a certeza que temos um porto seguro, temos um caminho que nos leva a raciocinar sobre a nossa vida real, a nossa vida como espírito reencarnado, imortal, e que guardará para sempre todo o aprendizado que adquirirmos.
Então só tenho a agradecer está oportunidade! Parabenizar a você Cris! E vibrar para que o ICECBL siga, com o seu comando, sua trajetória de estudo, esclarecimento ao próximo, e respeito a Lei Natural!
Um excelente dia! E até mais tarde!
Cláudia Schultz

É HOJE !!!! Esse dia tão esperado. Contamos nos dedos quantos dias faltavam para que a casa completasse 10 anos.
Quando pensamos no Instituto pensamos na Universidade do Espírito, no Porto Seguro, no Farol que ilumina, no único e último lugar onde se defende a Pureza Doutrinária do Espiritismo; no único lugar onde se respeita o Espírito. E tudo isto só existe porque Cristiane Amaral decidiu continuar o trabalho de Bernardo e no dia 22 de agosto de 2006, na Graça, fundou o Instituto de Cultura Espírita Carlos Bernardo Loureiro.
A força de Cristiane, sua convicção espírita, sua determinação, sua coragem foram determinantes para a construção desta casa e do trabalho que ali acontece. Só temos a agradecer por tanto aprendizado, por tantos ensinamentos, pela disciplina, pela atenção e cuidado que desprende com cada um de nós. Como uma verdadeira amiga, vai nos apontando o caminho, chamando atenção para erros que cometemos e que precisamos corrigir, brigando para que sejamos fortes e possamos caminhar com as nossas próprias pernas, sem titubear.
Agradecemos e muito a Bernardo que iniciou o trabalho quando foi convocado pelos Espíritos e brigou até o início para ajudar aqueles que o procuravam, desesperados ou em busca de esclarecimento. Bernardo sempre lutou para defender o Espírito e a pureza Doutrinária do Espiritismo. E continua, agora, como ele mesmo afirma, com os olhos do Espírito, ajudando, esclarecendo, orientando a todos que adentram aquela casa.
Temos muito a agradecer aos Espíritos que fazem parte deste Instituto, por tudo. Eles estão sempre presente em todos os momentos, nas palestras, na sala mediúnica, nas pesquisas, nos seminários, e nos acompanham e protegem quando estamos no trabalho, na escola, na rua, em todos os lugares. São Espíritos muito amigos, sempre nos auxiliando e nos ensinando. Como aprendemos com Bernardo e Cristiane: “A Casa é dos Espíritos. O trabalho é dos Espíritos.
VIVAS AO INSTITUTO DE CULTURA ESPÍRITA CARLOS BERNARDO LOUREIRO!!!!!
VIVAS PARA BERNARDO!!!! VIVAS PARA CRISTIANE AMARAL!!!
Tenham todos um excelente dia!!!
Ivana Ribeiro

VIVA OS 10 ANOS DO INSTITUTO DE CULTURA ESPÍRITA CARLOS BERNARDO LOUREIRO!!!!
Hoje, no dia 22 de agosto de 2016 o Instituto de Cultura Espírita Carlos Bernardo Loureiro completa dez anos de existência. Tudo isso, graças a Cristiane Amaral e aos Espíritos controles do Instituto.
O Instituto de Cultura Espírita Carlos Bernardo Loureiro é o único e último local neste planeta que respeita o Espírito e a Lei Natural. É também o último lugar que realiza os trabalhos de pesquisa sobre os fenômenos e a desobsessão. É o único lugar onde posso estudar sobre o Espírito e sobre os fenômenos (raps, materialização, transporte, etc.).
Agradeço muito a Carlos Bernardo Loureiro que dedicou 40 anos de sua vida ao estudo, a pesquisa e a desobsessão. Agradeço muito, também, a Cristiane Amaral que foi a única pessoa que teve coragem, sangue no olho e carne de pescoço para continuar um trabalho fantástico que é constantemente atacado pelos inimigos do Espiritismo.
Agradeço imensamente à Cris, a Bernardo e aos Espíritos Controles do Instituto pela oportunidade de trabalhar como médium, de fazer parte das pesquisas e conhecer essa doutrina fantástica.
Um abraço,
Pedro

Muito BOOOOM DIAAA!!!!
Hoje o mundo dos Espíritos está em festa!
E nós, aqui também!!!
Comemoramos hoje uma grande data. Um marco na história da humanidade – OS 10 ANOS DE FUNDAÇÃO DA UNIVERSIDADE DO ESPÍRITO – O ICECBL – INSTITUTO DE CULTURA ESPIRITA CARLOS BERNARDO LOUREIRO.
Um local de puro esclarecimento, que oportuniza inúmeros Espíritos encarnados e mais ainda desencarnados a sair de nossos condicionamentos e entender e trabalhar as nossas mazelas moras de vida pós vida.
Quero registrar aqui minha profunda GRATIDÃO e respeito ao Espírito que animou o grande pesquisador Espirita Kardecista Carlos Bernardo Loureiro por ter iniciado esta trajetória na historia da humanidade e mais ainda por ter nos deixando um outro Espírito corajoso, racional, inteligente e disciplinador – nossa querida bruxa CRISTIANE AMARAL.
Esta que tem mostrado o quão é forte e estar preparada para lidar com os embates da vida e com a dor alheia, também com a ingratidão e desrespeito de muitos que como bem dito por Kardec, “entraram no Instituto por simpatia e saíram por conveniência”,e eu acrescento, também por covardia e fraqueza.
Agradeço a você Cristiane, a Bernardo, aos Espíritos Controles aos ex-obsessores e também aos obsessores pois foram eles, que na maioria das vezes nos levaram para esta casa. Agradecer e firmar que continuarei brigando para me melhorar e deixar de ser ruim.
Este sem dúvida é nosso porto seguro. Universidade onde nos ensina o quão ainda temos que aprender, que dobrar a crista e a espinha e seguir adiante, firme no proposito até o inicio.
MUITOS VIVAS AO ICECBL!!!
MUITOS VIVAS PARA CRISTIANE AMARAL
MUITOS VIVAS PARA CARLOS BERNARDO LOUREIRO
MUITOS VIVAS PARA O MESTRE ALLAN KARDEC
MUITOS VIVAS PARA OS ESPÍRITOS CONTROLES
MUITOS VIVAS PARA OS MÉDIUNS, ASSISTIDOS E AS CRIANÇAS.
VIVAS VIVAS VIVAS.
Rose Ornelas
BOM DIA.
HOMENAGEM AOS DEZ ANOS DE FUNDAÇÃO DO ICECBL – INSTITUTO DE CULTURA ESPIRITA CARLOS BERNARDO LOUREIRO.
É com enorme prazer, carinho e gratidão que hoje parabenizo o Instituto de Cultura Espírita Carlos Bernardo Loureiro pelos seus DEZ ANOS de muita batalha, sempre em prol de ajudar as dores alheias, esclarecendo todos aqueles que realmente querem a ajuda e o esclarecimento.É sempre com um sentimento inenarrável estar naquela casa, com a companhia de tantos amigos,os verdadeiros amigos.
Tudo começou quando Cris, a pupila de Bernardo, decidiu no dia 22/08/2006 fundar uma casa que pudesse continuar o importante trabalho que era feito por Carlos Bernardo Loureiro. Com muita coragem, disciplina e determinação, fundou o Instituto, que inicialmente começou os trabalhos numa malharia, com alguns médiuns, sem muito suporte, mas independente disso ela continuou, sem se deixar levar pelas criticas dos falsos e invejosos.
O Instituto já passou por tantas coisas, trabalhos, vitórias, comemorações, dias de tristeza, porem quando se tem convicção Daquilo que se faz, ninguém nunca consegue destruir. E é isso que prova a convicção do ser em continuar sempre se melhorando para deixar de ser ruim.
O Espiritismo nasceu na fina flor do pensamento Europeu. Codificado por AlLan Kardec, divulgado e raciocinado por Carlos Bernardo Loureiro e continuado pela última guardiã Cristiane Amaral.
É com um amor imenso que agradeço por estar naquela casa, me esclarecendo, para saber baixar a crista. Na presença de tantos Espíritos amigos.Agradeço por tudo que já aprendi, o carinho que recebo de todos. Porque afinal de contas tudo que já aconteceu é sempre para nos fortalecer cada vez mais e aproveitar cada chance que nos é dada.
Desistir de estar no Instituto é realmente ser burro e hipócrita e não aproveitar o carinho e os esclarecimentos que nos é dado.
Quero agradecer sempre a Cris, a Bernardo, aos Espíritos Controles pelo carinho e atenção e parabenizar a casa pelos seus lindos DEZ ANOS.
BEIJOS
KAROL.

Bom dia Cris,
Hoje é um grande dia!!! “22 de Agosto” dia que comemoramos mais um aniversário do Instituto de Cultura Espirita Carlos Bernardo Loureiro. Nosso “Porto Seguro” que esses canalhas espiritoides diziam que era “Fogo de Palha”!!!!!
Parabéns ao ICECBL, Instituição que nos ensina, todos os dias a verdadeira Doutrina Espirita a doutrina que nosso mestre de Lyon codificou. E que grandes homens contribuíram para a sua divulgação
Instituição que faz homenagens a grandes homens que contribuíram de forma notável as pesquisas espiritas e a divulgação do Verdadeiro Espiritismo. Instituto do grande mestre, pesquisador e referencial Carlos Bernardo Loureiro, que lutou e continua a lutar na defesa doutrinária do Espiritismo, onde continuamos a ouvi-lo a defender suas ideias.
Obrigada Instituto de Cultura Espirita Carlos Bernardo Loureiro!!!!
Parabéns aos 10 anos do Instituto de Cultura Espírita Carlos Bernardo Loureiro!!!
Muito obrigada Cris por todos ensinamentos diários!
Grande beijo
Alexsandra Brito “X

Bom dia, Cris
No dia de hoje, quando o Instituto de Cultura Espírita Carlos Bernardo Loureiro completa dez anos de existência, quero parabenizá-la pelo importante trabalho que você vem desenvolvendo, junto aos Espíritos que a acompanham.
Não é possível deixar de vê-la como um Espírito competente, corajoso, que reconhece, que luta pelo que acredita e, com isso, tem contribuído para o esclarecimento e ajuda a outros tantos Espíritos e almas. Uma das evidências do seu reconhecimento é o nome dado ao Instituto que você dirige; e do esclarecimento, o incentivo ao estudo de obras de pesquisadores que tanto contribuíram para a Doutrina!
Que bom ter tido acesso ao endereço de onde ocorria (e ocorre) um trabalho tão digno e nobre!
Muito obrigada por tudo.
Muitas vibrações, sempre!
Graça

Cris,
Hoje é um dia muito alegre e de comemoração. Há dez anos você e os espíritos decidiram dar continuidade ao trabalho fenomenal de Carlos Bernardo Loureiro, trabalho esse que você continua de forma única e peculiar.
Se Bernardo não iniciasse o trabalho não teria você para continuá-lo, e consequentemente nesta encarnação eu e tantos outros espíritos não teríamos acesso ao verdadeiro Espiritismo.
Parabéns a você, pela coragem, determinação, dedicação e amor que tem a esse trabalho que faz junto com os Espíritos. Sem você esse trabalho não continuaria.
Agradeço muito a oportunidade de poder participar da casa, pelo estímulo constante ao estudo e a briga continua para deixar de ser ruim. Se hoje tenho convicção que sou um espírito encarnado e brigo para me melhorar, é consequência do que tenho aprendido na Casa.
Minha eterna gratidão a você e aos Espíritos, pois a partir dessa encarnação eu não posso mais dizer que não sabia!
Um abraço,
Maria Luiza

Cris, não terminei o e-mail a tempo para enviá-lo antes da homenagem de ontem, mas gostaria de mandá-lo mesmo assim:
Hoje é um dia super especial! São 10 anos de Instituto! São 10 anos desde a desencarnação de Carlos Bernardo Loureiro!
Que bom participar dessa comemoração, Cris! Agradeço a você e aos Espíritos pela oportunidade tão grande e sei que minha luta tem que ser constante para merecer fazer parte de um trabalho como esse!
Eu entrei na casa completamente desequilibrada e, provavelmente, estaria em um manicômio ou até mesmo já teria desencarnado se não tivesse encontrado o Instituto. E como vocês me ajudaram e ajudam! Lembro que quando adentrei ao Instituto pensei: “Ufa! Encontrei! É aqui!”
Sei que nós ainda não temos nem noção da complexidade do trabalho que é feito no Instituto, mas cada seminário, reunião, a gente vê o quanto é minuciosa a pesquisa, a dedicação e a generosidade dos que nele trabalham.
Essa alegria pela data de hoje é mais que merecida, Cris! Como você diz: “Ninguém tem coragem de assumir um trabalho como esse!” Obrigada por ter essa coragem, essa dedicação, respeito e generosidade com todos nós, encarnados e desencarnados, e pela lealdade a Bernardo e aos seu ideais.
Obrigada também a Bernardo pelo carinho e paciência que ele tem a encarnados e desencarnados, pela coragem de lutar por essa Doutrina, pela generosidade enorme e por ter iniciado esse trabalho!
Eles podem até tentar denegrir a imagem da casa ou a sua e a de Bernardo, assim como tentaram fazer com tantos outros médiuns e pesquisadores ao longo da jornada do Espiritismo, mas nunca vão conseguir! Porque nada do que eles falam é verdade! Quero sempre estar ao lado da casa e lutar para merecer essa convivência, para não errar mais tanto nessa e nas próximas encarnações, para vencer minhas paixões, para encontrar a doutrina nas próximas encarnações e nunca mais querer religião nenhuma!
Estarei à disposição no que eu puder ajudar para lutar contra os que tentarem destruir a casa!
Viva os 10 anos de muito trabalho!! E virão muitos outros!!!
Maria Antônia Maia

Endereço e Contatos

Se você deseja vir até o Instituto de Cultura Espírita Carlos Bernardo Loureiro, o endereço é:

Rua Escrivão Marques Filho, 11 – Brotas. Salvador, Bahia.

Não há telefones de contato, mas quem desejar maiores informações, pode enviar email* para contato@icecbl.com.br / webmaster@icecbl.com.br ou, em caso de assunto de cunho privado, enviar email diretamente para a Presidente do Instituto, através do cristiane@icecbl.com.br.

 

*Ficam os internautas/visitantes do site cientes que os e-mails enviados e no seu conteúdo seja identificado qualquer crítica ao Instituto – aí incluindo as suas normas, procedimentos, linha adotada quanto a questões intimas da instituição -, ferindo a pureza doutrinária do Espiritismo, com ofensas ou não a pessoas do Instituto, ou tentando denegrir a imagem do Professor Carlos Bernardo Loureiro, poderão ser elas respondidas e/ou publicadas, a critério da Instituição.

Ninguém é obrigado com relação à comunicação (o envio de mensagens é livre), mas o Remetente consente com o quanto disposto acima, ainda que tacitamente.

Dúvidas de caráter pessoal, íntimo, sempre foram e serão respeitadas quanto ao seu sigilo, desde que não se enquadrem no disposto acima.

Seminário

É sempre uma grande alegria realizar mais um seminário neste Instituto que no dia 22 de agosto completará 10 anos. Muitos imbecis pseudo-espíritas disseram que era ‘fogo de palha’. Pois é! Que fogo que já dura tanto.

Este seminário como todos, já divulgo a uma década, são sempre obras espíritas pesquisadas e escritas pelo querido pesquisador espírita kardecista puro Carlos Bernardo Loureiro que sempre ressalto ser um espírita kardecista puro de ‘três costados’, expressão usada por ele para se referir a corifeus do Espiritismo, autênticos e leais a pureza doutrinária. Agora uso para ele.

O seu livro “O Túnel e a Luz” como todo livro de um estudioso kardecista tem uma sequência racional, lógica e metódica, pois, os temas deste, lançado em 1994, vão sendo desdobrados ao longo de outros nos 40 anos dedicados a pesquisa dos fenômenos espiríticos e na divulgação da pureza doutrinária do Espiritismo.

Gostaria de finalizar este folder com um fragmento do primeiro parágrafo que este notável polemista escreveu no seu “A título de introdução” do livro em questão:

“Allan Kardec sentiu que a Doutrina Espírita necessitava de uma base científica. Afirma ele, a propósito: ‘Não foram os fatos que vieram depois para confirmar a teoria, mas foi a teoria que surgiu subsequentemente para explicar e resumir os fatos. E portanto é rigorosamente exato dizer que o Espiritismo é uma ciência de observação e não produto da imaginação. Como nasceu esta ciência?’ E o próprio Kardec que responde: ‘A Doutrina Espírita não foi ditada palavra por palavra, nem importa à crença cega; foi deduzida pelo trabalho do homem, pela observação dos fatos’. Na verdade, a ciência Espírita (relação humana) foi obra de Kardec. Ele estabeleceu a distinção entre Espiritual e a Revelação Humana”.

Cristiane Amaral

(Fundadora e presidente do ICECBL)

14/07/2016, 13h10min

Esta data têm um caso curioso, por 12 anos médium deste querido bruxão, ouvi críticas que ele fazia sobre o estado de ignorância sobre esta data que representava um marco historico para o povo francês e inicio da construção de uma proposta política, ainda em fecundação, de direitos igualitários, a partir sim, da Queda da Bastilha para o Ocidente, claro.

O querido professor Carlos Bernardo Loureiro, gravado em cd, referia-se a uma repórter de televisão local que perguntava a alguns pedestres no centro de Salvador sobre esta data, e afirmando ser homenagem a Queda da Bastilha. Todos não sabiam da data ou reprimiam a profissional ao perguntar a eles sobre esta “coisa”, já que estavam “preocupados com a inflação”; ou “que em Brasília”, centro do poder do país, “eles sempre estavam quebrando alguma coisa”. Ou até se era “algum remédio para dor de cabeça”.

E daí, Bernardo questionava: “Como este povo pode entender o Espiritismo?”

Ele sempre correto, raciocínio lógico e crítico, pois constata-se todos os dias esta ignorância e estupidez em maior grau nestes dias. Acrescentando depois de 10 anos de sua desencarnação e nos meus 22 anos como espírita kardecista puro é revoltante assistir o que fazem nos ditos centros espíritas com a doutrina, de alternativas idiotas mistificadoras orientais a cantos religiosos.

Tudo para destruir o esclarecimento aos espíritos que pedem ajuda e a pesquisa espiritica.12

 

Mensagem

Leiam abaixo as mensagens enviadas no dia 31 de março, em homenagem a Allan Kardec, em referência a data da sua desencarnação.

Hoje no dia 31 de março de 2016 comemoramos o dia da desencarnação de Allan Kardec, que codificou a Doutrina dos Espíritos, lançando em 18 de abril de 1857, o primeiro livro da codificação: O Livro dos Espíritos.

Agradeço muito ao mestre de Lyon, Allan Kardec, pelo estudo e conhecimento que ele nos proporcionou através dos livros da codificação. Também agradeço muito a Cris e a Bernardo por fazer parte do Instituto de Cultura Espírita Carlos Bernardo Loureiro, poder trabalhar como médium, fazer parte das pesquisas, seminários, dos cursos de filosofia e ter acesso à livros desprezados pela maioria.

Abraços,

Pedro

Denizard Hipollyte Léon Rivail o codificador da Doutrina Espírita.
Hoje dia 31/03 vibramos para Allan Kardec. Um grande pesquisador, professor e bastante inteligente.

Kardec não inventou o Espiritismo. Nos proporcionou a partir do seu trabalho de pesquisa e da codificação, trazer livros esclarecedores. Escreveu obras como O Livro dos Espíritos, O Livro dos Médiuns, O Céu e o Inferno, A Gênese, A Revista Espírita entre outros, para que pudéssemos estudar e refletir sobre esta sociedade tão cansativa e transtornada que vivemos.

Dizer que Kardec é ultrapassado é uma hipocrisia. Vivemos em uma sociedade extremamente religiosa onde só impera estômago e sexo.
Os conhecimentos trazidos por Kardec são para mudar nossos pensamentos, atitudes e a sociedade em que fazemos parte.

Um viva para este Espírito inteligente que um dia animou Allan Kardec.
Karoline Ornellas

Boa tarde para todos,

Quero falar um pouco sobre hoje.

Neste dia 31 de março homenageamos não apenas o criador da Doutrina Espírita, mas um dos pesquisadores dela. Allan Kardec, conhecido também como o mestre de Lyon.

Essa mensagem é para celebrar ele e a data de hoje que foi a data da sua desencarnação.

Agradeço a Allan Kardec, Carlos Bernardo Loureiro e Cristiane Amaral pelos esclarecimentos.

Matheus Ornellas

Hoje é o dia da desencarnação de um grande pesquisador Espírita, que nasceu dia 3 de outubro de 1804 e desencarnou dia 31 de março de 1869, vivendo 65 anos. Trabalhou e viveu a maior parte desses anos em Lyon, na França. Este Espírito é, como Camille Flamarion diz, “O Bom Senso encarnado”

Agradeço a Allan Kardec por codificar a Doutrina dos Espíritos, pois ele nos ajuda a entender que somos Espíritos e médiuns.

Agradeço também a Cris e a Bernardo por nos ajudar a entender a Doutrina dos Espíritos, pois em muitas aulas que tenho aos domingos no Instituto aprendo que as perguntas de Kardec de O Livro dos Espíritos são mais inteligentes e mais complexas que as respostas dos Espíritos.

Beijos,

Sophia

É com alegria e imenso sentimento de gratidão que presto minha homenagem a Allan Kardec, coerentemente denominado por Camille Flammarion de “O Bom senso encarnado”, neste dia em que comemoramos sua desencarnação. Kardec desencarna no dia 31 de março de 1869, após ter prestado um enorme serviço de esclarecimento à humanidade, possibilitando ao Espírito conhecer a si próprio como Ser imortal, reencarnado e inteligente em imanência. Os benefícios do grande trabalho realizado pelo Mestre de Lyon, claro que acompanhado dos Espíritos da Codificação, vão além do mundo corpóreo, vem, ao longo dos tempos, beneficiando muitos Espíritos já desencarnados.

Agradeço a Allan Kardec por ter, tão despretensiosamente, se dedicado a este trabalho, de forma tão determinante e racional, por meio de perguntas absurdamente inteligentes e comentários esclarecedores, sem esquecer, claro, de observação feita por Carlos Bernardo Loureiro, nosso querido professor, de que as perguntas de Kardec nas obras da Codificação são mais inteligentes do que as respostas dos Espíritos. Agradeço pelas inúmeras provas de que a fé só faz sentido se for raciocinada, e pela certeza de que a Doutrina Espírita não guarda qualquer relação com religião, seja ela qual for.

E a minha gratidão vai muito além ao constatar que não teria acesso às obras do Mestre de Lyon, e nem a tantas outras, que não teria a oportunidade de me esclarecer se não fosse o trabalho realizado por Cristiane Amaral no Instituto de Cultura Espírita Carlos Bernardo Loureiro, único trabalho que honra verdadeiramente a Doutrina dos Espíritos.

Grande abraço a todos!

Cleane Reale

É com muito respeito e muita honra que homenageio hoje o Mestre de Lyon – Allan Kardec, pela data do seu desencarne. Data esta, lembrada apenas por aqueles que não só respeitam o seu legado, mas acima de tudo, conseguem fazer dos princípios existenciais, tão divulgados por ele, o seu modo de viver.

Enquanto encarnado, defendeu com fundamentos racionais, baseados nos ensinamentos de Jesus, a pureza doutrinária do Espiritismo, em uma época que as religiões continuavam presentes com suas garras fedorentas, trabalhando, “inteligentemente”, para uma lavagem cerebral habilidosa, que deixou seus “frutos” na sociedade mais de um século e meio depois.

Muitas vibrações para esse Espírito forte, sério, racional, inteligente que, apesar de tantos ataques pessoais, não deixou que as conveniências fossem obstáculos na sua trajetória em divulgar a Imortalidade da Alma, a Comunicação entre Espíritos encarnados e desencarnados e a Reencarnação.

Muito obrigada Kardec! Minha imensa gratidão a você!

Aproveito para vibrar também por todos os Espíritos inteligentes, racionais, sérios que continuam a divulgar e defender a pureza doutrinária do Espiritismo. Para aqueles que conheço pessoalmente, Carlos Bernardo Loureiro e Cristiane Amaral, minha imensa gratidão e muitas vibrações sempre!

Viva ALLAN KARDEC, “o bom senso encarnado”!!!

Um beijo e um excelente dia para todos!

Vianna

É com muita honra que rendo hoje as minhas homenagens a Allan Kardec. Um homem que, através de muita e um desejo férreo, ambos pautados em uma convicção derivada da razão e não da emoção ou de um sentimentalismo barato, empregou o seu tempo, a sua existência para nos legar a codificação da Doutrina dos Espíritos. Uma ciência com conseqüências éticas, a única capaz de promover o desenvolvimento das potencialidades ontológicas dos Espíritos que animam os homens encarnados neste e em outros planetas, evitando assim a degenerescência das sociedades, tal como observamos hoje como resultado da humanidade ter virado às costas aos princípios existenciais.

Por isso externo a minha gratidão a este Espírito de escol, o chamado bom senso encarnado, pela sua determinação e perseverança, o que lhe exigiu por em risco o seu conforto e a sua saúde, para nos transmitir, de forma sistematizada, os conhecimentos desta ciência do Espírito. Também externo minha profunda gratidão a Carlos Bernado Loureiro, a quem tenho na conta de mestre, por ter me apresentado a esta ciência e me guiado no seu estudo, bem como a querida professora Cristiane Amaral por continuar a tarefa daquele que foi seu mestre quanto ao nosso esclarecimento e de tantos outros Espíritos que assim o querem.

Excelente dia para todos!

Ernesto Reis

Bom dia a todos,

A exatos 147 anos desencarnava o Mestre de Lyon, Allan Kardec, com o dever cumprido.

Homem íntegro, honrado, digno, honesto, o bom senso encarnado.

Desde criança demonstrou a sua inteligência e a sua vontade de ajudar a todos que estavam a sua volta e precisavam de esclarecimento.

Foi um trabalhador incansável. Desdobrou-se para atender a todos que o procuravam, desesperados, por ainda acreditar nas invenções absurdas das religiões.

Quantos Espíritos foram ajudados e passaram a compreender que não estavam loucos, eram médiuns, que não estavam mortos, pois a morte não existia, tinham somente se libertado do seu corpo fisico!!

Quantas pessoas se tornaram Espíritas e passaram a entender que os seus sofrimentos eram frutos dos erros perpetrados no passado e não fruto do acaso.

Como agradeço por tudo que aprendi através das suas obras!!!!

Muitas vibrações para o Espírito que animou Allan Kardec!!!

Muitas vibrações também para todos aqueles que ouviram o Mestre e continuaram o seu trabalho.

Muitas vibrações para os Espíritos do ICECBL, em especial ao nosso Mestre Carlos Bernardo Loureiro, o amigo certo nas horas incertas.

Muitas vibrações para Cristiane Amaral, nossa dirigente guerreira, nossa professora, que com muita determinação vem nos estimulando ao estudo, a pesquisa, a disciplina e defendendo, sempre, a pureza doutrinária do Espiritismo.

Um grande abraço,

Ivana

Olá Pessoal,
Muitas vibrações para o grande Espírito Allan Kardec – “O Bom Senso Encarnado”, título que bem representa, O Mestre de Lyon.
Homem estudioso, corajoso, inteligente, dedicado e defensor dos Princípios Existenciais desta maravilhosa Doutrina durante toda a sua trajetória quando encarnado.
Suas ideias nos inspira, inspirou e continua inspirando diversos encarnados e desencarnados, ” vida á fora”.
Agradeçamos aos Espíritos do ICECBL, Carlos Bernardo Loureiro e Cristiane Amaral, por darem continuidade e divulgação do seu ideal Espírita, como também a nos esclarecer, ensinar, para que nos “tornemos” Espíritas Kardecistas.
Obrigado Allan Kardec!
Um dia grandioso a todos.
Claudia Nobre

Muitas vibrações para o nosso querido mestre de Lyon Allan Kardec!

Homem digno, sério, estudioso. Através desse grande mestre ao longo das pesquisas realizadas que hoje temos a Codificação Espirita, essa belíssima doutrina! Esse imenso trabalho, nos revelado há alguns séculos por esse mestre! Como foi chamado Mestre de Lyon! Não pode ser esquecido jamais.

Muitas vibrações e também agradecimentos para nosso querido amigo Carlos Bernardo Loureiro, e nossa querida amiga Cristiane Amaral e todos os Espíritos que fazem parte do Instituto de Cultura Espírita Carlos Bernardo Loureiro. Eles sim sempre nos esclarecendo e defendendo a pureza doutrinaria do Espiritismo.

Muitas vibrações e agradecimentos ao Grande Mestre de Lyon Allan Kardec!!

Viva, Viva Allan Kardec!!!!!!

Excelente dia para todos nós!!!

Alexsandra “ X “

Bom dia pessoal,

Muitos vivas ao Mestre Allan Kardec, hoje dia 31 de março data de sua desencarnação.

Temos muito que agradecer a este Espírito que deixou para humanidade um grande legado de conhecimentos, a realidade do que há de mais nobre em nós – a realidade do Espírito. Por ter desmistificado e esclarecido a perversidade que a religião perpetrou e continua.

Lembrando Bernardo – era para humanidade ter dado um basta e um ponto final na religião quando kardec lançou O Livro dos Espíritos. O que não aconteceu. Preferiram dar as costas novamente ao Espírito e aos princípios existências e hoje presenciamos uma humanidade decrepita, pessoas sem nenhum raciocínio, censo crítico e fé raciocinada.

Agradeço e muito a Cristiane Amaral e aos Espíritos que fazem parte do Instituto de Cultura Espirita Carlos Bernardo Loureiro por estar de forma digna, nobre e corajosa dando continuidade ao trabalho iniciado por ele Bernardo, trazido inicialmente por Kardec. Por defender a pureza doutrinaria do Espiritismo em uma terra tão ordinária como o Brasil e estar oportunizado a tantos Espíritos o esclarecimento e a busca de reparar nossas mazelas morais com a mudança de atitudes, o estudo e a luta constante para se melhorar e deixar de ser ruim, como tão bem sabem nos ensinar.

Muitas boas vibrações para você ALLAN KARDEC.

Muito obrigada Cristiane Amaral

Muito obrigada Carlos Bernardo Loureiro.

Rose Ornellas

Viva Allan Kardec! Este notável mestre! Que codificou esta bela Doutrina que é o Espiritismo!

Que com seu raciocínio organizado e criterioso, tanto esclareceu sobre os princípios existenciais. Tanto esclareceu o quanto é natural e importante se entender Espírito e entender o processo que é a mediunidade! Entendimento este que faz o ser discernir às suas dores, entendendo que são consequências de suas mazelas, e que também vivemos em um diuturno convívio com seres encarnados e desencarnados, e com isso, interagindo, interferindo e sofrendo interferência de outros psiquismos. Infelizmente muitos não querem saber da mediunidade e vivem situações terríveis, mergulhando no mundo das drogas legalizadas, e sendo manipulados por Espíritos que também não querem entender o real processo que é ser Espírito. E é por estar a cada dia me esclarecendo, que agradeço todos os dias, ter conhecido a Doutrina dos Espíritos codificada pelo Mestre de Lyon.

Agradeço sempre por poder trabalhar a minha mediunidade, iniciando com Carlos Bernardo Loureiro e hoje com Cristiane Amaral, seus fieis discípulos, que lutam sempre para afirmar a pureza doutrinaria do Espiritismo.

Um abraço a todos!

Cláudia Schultz06

Homenagem Ao Mestre de Lyon – Allan Kardec.

Espírito sério, austero, determinado, forte e inteligentíssimo, reencarna a 03 de outubro de 1804, em Lyon na França, o Senhor Denizard Hippolyte León Rivail, como já havia sido anunciado pelo Mestre dos Espíritos – Jesus: “…E o Consolador, que o Pai enviará em meu nome, vos ensinará todas as coisas e vos fará lembrar de tudo o que vos tenho dito.”

Aos dez anos interna-se no Instituto Pestalozzi em Yverdun na Suíça , bacharelando-se em Ciências e Letras, já poliglota dominando a escrita e a fala do alemão, inglês , espanhol, italiano, holandês , além do francês sua língua mater.

Com o sonho de instaurar um instituto aos moldes do mestre Pestalozzi , Denizard regressa à França em 1824, como pedagogo e próximo aos vinte anos escreve seu primeiro livro – Curso de Aritmética para crianças . Após quatro anos escreve a segunda obra – Plano de uma Escola Graduada , segundo o Método de Pestalozzi.

Em 1826 inaugura o “Instituto Técnico Rivail” e após 2 anos lança outro livro – Plano para a melhoria da Educação Pública, submetendo seu projeto pedagógico ao Parlamento.

Ao longo do ano de 1831 publica mais 3 obras no campo da Pedagogia, que o torna consagrado na profissão que escolhera : “ Memória sobre a Instrução Pública”; “ Gramática Francesa Clássica de acordo com um plano novo” e “ Qual o Sistema de estudos mais em harmonia com as necessidades”, o qual lhe valeu o prêmio da Real Academia de Ciências de Arrás.

Em 1835, já havia contraído matrimônio com a adorável escritora Amélie Boudet Rivail , passa por dificuldades financeiras em função do vício de um tio, que fazia parte da sociedade do Instituto que fundara e se vê obrigado a laborar exaustivamente a fim de restabelecer-se.

Em 1854 surgem as sessões com as “mesas girantes” sendo apresentado ao fenômeno pelo magnetizador, o senhor Fortier, que lhe adverte pela segunda vez:” Temos uma coisa muito mais extraordinária; não só se consegue que uma mesa se mova , magnetizando-a , como também, que fale. Interrogada ela responde através de batidas”.

Denizard responde de forma cética e sensata:” Isto agora é outra questão! Só acreditarei vendo e quando me provarem que uma mesa tem cérebro para pensar, nervos para sentir e que possa tornar-se sonâmbula. Até lá , permita que eu não veja no caso mais do que um conto para fazer-nos dormir em pé.”

Ao mês de maio do ano seguinte , chamado à atenção pelo antigo amigo , senhor Carlotti referente aos fenômenos das mesas, fora também convidado pelo senhor Pàtier a fim de participar de reuniões na residência da Sra. Plainemaison , saindo convicto dos fatos , muito embora ainda não admitisse a interferência dos Espíritos. Compromete-se consigo mesmo aprofundar-se nos estudos , quando em agosto de 1855 passa a freqüentar as reuniões da família Baudin, na presença das meninas Baudin(médiuns), adotando a partir de então um metodologia científica investigativa, destinando às pesquisas, um fim útil. Perguntas relacionadas à filosofia, à psicologia e à natureza do mundo dos Espíritos eram realizadas pelo Mestre de Lyon , durante às sessões , o qual obtinha respostas precisas, lógicas e inteligentes.

À noite de 24 de março de 1856, o “Espírito de Verdade” manifesta-se , durante seus estudos através de ruídos e pancadas para chamar a atenção do pesquisador quanto a um erro grave na trigésima linha de seus escritos.

Em 12 de junho do ano corrente o ”Espírito de Verdade” confirma o honrado convite através da mediunidade de psicografia da Srta. Aline Carlotti e apesar de haver sido alertado das dificuldades e ameaças que enfrentaria na sua importante incumbência, aceitou de forma convicta; dando por conclusa a sua primeira tarefa no final de 1856, os originais de “O Livro dos Espíritos”, os quais passariam por revisões. Assinado por Allan Kardec , pseudônimo revelado pelo “Espírito de Verdade” , de quando fora um sacerdote druida numa outra existência.

É publicado em primeira edição “O Livro dos Espíritos” em 18 de abril de 1857 e no ano seguinte fora lançada a Revista Espírita de 1858, instrumento laboratorial e de pesquisa espirítica indispensável às obras da Codificação. Neste mesmo ano funda a Sociedade Parisiense de Estudos Espíritas – SPEE .

No ano de 1860 realiza a primeira viagem Espírita pelo interior da França, e no ano seguinte publica a obra “O Livro dos Médiuns”. Em abril de 1864 lança “O Evangelho Segundo o Espiritismo” e em agosto de 1865 é levado a público o livro “O Céu e o Inferno”, obra esta que destrói os dogmas criados pela religião, principalmente o das penas eternas.

Apesar de haver sido alertado pelos Espíritos Codificadores, pressentindo a sua desencarnação, labora diuturnamente em prol do esclarecimento da humanidade e em janeiro de 1868 edita o quinto livro da Codificação – “A Gênese”.

Na manhã de 31 de março de 1869, o Mestre de Lyon sofre em sua residência, a ruptura de um aneurisma e desencarna aos 65 anos incompletos.

Uma certa vez, assistindo à palestra da dirigente Cristiane Amaral do Instituto de Cultura Espírita Carlos Bernardo Loureiro e os Espíritos da Casa fizeram uma pergunta extremamente dialética , como segue:” O que você tem a oferecer ao Espírito que lhe anima, nessa existência?” . Fiquei a noite toda a pensar o quanto simples, mas ao mesmo tempo inquietante era essa questão. Hoje respondo com convicção . Construir referenciais para o Espírito que me anima , através dos estudos kardecistas, exercer a mediunidade, participar das pesquisas, não como obrigação, mas com muito respeito, satisfação e com o sincero desejo de sempre querer aprender mais, convivendo e sentindo os Espíritos do Instituto do qual faço parte.

Presto essa digna homenagem ao Mestre Allan Kardec, na data de sua desencarnação, pela existência dedicada ao esclarecimento, às pesquisas dos fenômenos dos Espíritos, às Obras da Codificação, Revistas Espíritas , em prol do progresso da Humanidade, apesar de ser refratária ao Espírito.

É de causar revolta saber que um Espírito que animou Allan Kardec haver sido questionado quanto à sua seriedade e idoneidade não somente pelos contraditores da Doutrina dos Espíritos, a qual defendia exemplarmente e de forma inteligente, mas também e infelizmente por alguns membros da Sociedade a qual fundara, do mesmo modo que se procedeu com o dedicado pesquisador Espírita Kardecista Puro Carlos Bernardo Loureiro e a nossa querida professora, pesquisadora e amiga , fundadora do Instituto de Cultura Espírita Carlos Bernardo Loureiro, Cristiane Amaral.

Marcos Lerner

Bom dia! Sempre fico muito feliz em momentos como estes, ler mensagens dignas ao mestre de Lyon que merece e muito o reconhecimento e gratidão de todos nós!!! E quando vejo todo tipo de gente encarnado e desencarnado sendo ajudado e esclarecido no Instituto faz-me ter ainda mais força nesta convicção que norteia minha vida! Agora, uma mulher que esteve no centro não soube reconhecer o trabalho dos Espíritos e, muito menos ajuda da mãe que também esteve se tratando, volta depois de 3 anos saindo do hospício, dado esta segunda chance ao chegar no Instituto nesta última segunda-feira, e ontem, 30 de março de 2016, já se alimenta , toma banho e decidi deixar de fumar e conversa de forma mais digna do que como chegou dopada . Sua mãe agradecida , mas antes estúpida em nada ajudou quando a menina precisava!! Sempre a porradaterapia ,tão bem definida pelo nosso querido Bruxão. Assim, lutem muito para ser dignos deste trabalho!!! Cristiane Amaral